quarta-feira, 11 de abril de 2012

No seu aro quer tchu, no seu aro quer tchá...


Insidiosos Leitores,

O meu, o seu, o nosso aro, sempre antenado com as novidades da música erudita, traz uma singela análise sobre a nova música que vem fazendo a cabeça da vanguarda cultural brasileira país afora.

Trata-se da obra "Eu quero tchu, eu quero tcha".

Muitos trabalhos se debruçam sobre a relação do homem com o querer e as transformações e produções da vontade sob o ponto de vista histórico.

O marxismo em suas variadas vertentes preencheu longos capítulos voltados para a temática.

Na pós-modernidade diversos autores se dedicam a discutir a angústia do homem contemporâneo diante da incitação ao consumo, a fomentação do desejo de modo que se atenda ao excesso de produção.

Terrível angústia que vivemos, não nos basta querer o tchu, nem tampouco o tchá, estamos condenados a buscar o thhuchuhuh5huhwhqhqqdwuedhqahhahasahahauh...

Vejamos a canção:


Eu quero tchu, eu quero tchá
Eu quero tchu tchá tchá tchu tchu tchá
Tchu tchá tchá tchu tchu tchá (2x)


Cheguei na balada, doidinho pra biritar,
A galera tá no clima, todo mundo quer dançar,

Notem que assim como na obra de Michel Teló, o espaço de acontecimento narrado pelo eu-lírico se dá no âmbito da balada, a acrópole contemporânea.

O Neymar me chamou, e disse "faz um tchu tchá tchá",
Perguntei o que é isso, ele disse " vou te ensinar".
É uma dança sensual, em goiânia já pegou,
Em minas explodiu, em Santos já bombou,
No nordeste as mina faz, no verão vai pegar,
Então faz o tchu tchá tchá, o Brasil inteiro vai cantar.

Eis que surge Neymar, ídolo do futebol brasileiro que como uma espécie de Virgílio guiando o poeta pelos anéis do inferno, conduz o eu-lírico na iniciação ao tchu-tchá-tchá.

Eu quero tchu, eu quero tchá
Eu quero tchu tchá tchá tchu tchu tchá
Tchu tchá tchá tchu tchu tchá (2x)

Cheguei na balada, doidinho pra biritar,
A galera tá no clima, todo mundo quer dançar,
Uma mina me chamou, e disse "faz um tchu tchá tchá",
Perguntei o que é isso, ela disse " eu vou te ensinar".

É uma dança sensual, em Goiânia já pegou,
Em Minas explodiu, em Tocantins já bombou,
No nordeste as mina faz, no verão vai pegar,
Então faz o tchu tchá tchá, o Brasil inteiro vai cantar.

Eu quero tchu, eu quero tchá
Eu quero tchu tchá tchá tchu tchu tchá
Tchu tchá tchá tchu tchu tchá (2x)

Eu quero tchu, eu quero tchá
Eu quero tchu tchá tchá tchu tchu tchá

Notem a pressão social imposta diante do eu-lírico, Neymar, a mina, todos mais do que querer o tchu-tcha-tcha, determinam que você o faça pois tal ação se alastrou pelo país vertiginosamente, tal qual a febre da própria música.

Não há como negar um efeito de metalinguagem uma vez que a canção que se lança como música de verão já se anuncia como tal.

E você poderia estar estudando, mas não, você quer tchu...você quer tchá...

2 comentários:

  1. Video no climax.. hehe

    http://www.youtube.com/watch?v=yM8joxX6_X4&feature=share

    ResponderExcluir
  2. "E você poderia estar estudando, mas não, você quer tchu...você quer tchá... "
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    oww gentche, com essa eu ñ estudo mais!!!

    ResponderExcluir